Viagens

Viajar é preciso

Não sei você, mas eu amooooo viajar. E, desde criança (acreditem!!!), nutria uma enorme vontade de conhecer a Europa. Não nasci em família rica (três minutos de silêncio, por favor), então, só pude realizar este sonho aos 28 anos, depois de muito ralar, economizar grana e me livrar de algumas bolas de chumbo que estavam presas nos meus pés. Mesmo assim, não fui esbanjando grana e, na cara e na coragem, montei toda a viagem sem recorrer à agência.

No período que antecedeu a viagem, a internet foi de muita ajuda e é exatamente por isso que estou fazendo esta série de posts, para tentar ajudar pessoas que têm muita vontade de viajar por conta própria mas têm medo.

O de hoje vai ser uma lista das vantagens de fazer a viagem por conta própria:

1ª) Passei 20 dias viajando pela França (Paris e Giverny), Reino Unido e Itália (Roma e Florença) . Fiz orçamentos em algumas empresas de turismo e intercâmbio e uma viagem com essa quantidade de países, cidades e dias, estava saindo por 18 mil, sem as passagens. Pasme: 18 mil reais… Fazendo a viagem por conta própria, com a grana que levei pra gastar lá e passagem, gastei cerca de 12 mil. E poderia ter economizado mais se tivesse fechado os passeios daqui.

2ª) Não sei você, mas eu não gosto da vibe de viagem em excursão. Não gosto de ninguém me dizendo onde tenho que ir, quanto tempo tenho que gastar em cada local e, principalmente, que hora tenho que acordar. Trabalho acordando cedo o ano inteiro, pra ter regular as horas de sono nas férias também.

3º) Viajando por conta própria, você pode descobrir lugares que excursão nenhuma te levaria, como o restaurante indiano perfeito na nossa primeira noite em Londres. E fazer coisas como passar a tarde deitada na grama embaixo da Torre Eiffel, fazendo piquenique.

4º) Você pode combinar a viagem com amigos e fazer um grupo animado para curtir loucamente (kkkkkkkkk). No meu caso, fui com uma amiga e meu namorado. Lá, encontramos um amigo da minha amiga (rsrsrsrsr) e, assim, fechamos o grupo.

No próximo post, vou trazer as desvantagens que identifiquei de fazer a viagem por conta própria. Assim, você pode tirar suas conclusões.

Um dia no Pallazo Pitti, Florença, Itália

Um dia no Pallazo Pitti, Florença, Itália

Anúncios

2 pensamentos sobre “Viajar é preciso

  1. Muito bom, foi de grande ajuda (fico no aguardo das desvantagens), ano que vem pretendo fazer o mesmo pra ir ao rock in rio, e planejo “dar um pulo” em São Paulo e Minas Gerais. Pelo menos um pré – requisito eu já tenho, pouca grana. kkkkk

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s